Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

FADO NO CASTELO S.JORGE

 

 

 

Tenho assistido a bons espectáculos, que no mês de Junho se realizam no Castelo S.Jorge, mas tenho que confessar, que não gostei do ultimo a que assisti, que teve a participação da artista espanhola, Maria Berasarte.

No que se refere aos artistas portugueses, nada de novo a registar, uma vez que, tanto os fadistas, como os músicos,são sobejamente conhecidos, distinguindo-se no entanto a guitarra de Mário Pacheco. Quanto aos fadistas, não nos deram nada que não conhecessemos, embora me pareça que Rodrigo Costa Félix,pudesse ter sido um pouco mais fadista... porque ele até canta bem o fado.

Quanto à artista espanhola, queremos acreditar, que o convite de Carlos do Carmo para cantar na festa dos seus 45 anos de carreira, a tenha "baralhado", porque não me parece, que possa conquistar mercado, quer em Portugal, quer em Espanha, e, nesta indefinição, talvez fique uma boa voz pelo caminho...porque penso que o que ela canta, não nos agrada nem a nós, nem aos espanhóis. O CD já está à venda, e não acredito que tenha sucesso.

O facto de agradar a Carlos do Carmo, que até a convidou para vir à festa dos seus 45 anos de carreira, não é sinónimo de sucesso, até porque a evolução que Carlos do Carmo apregoa para o fado, não "quadra" bem, com o que, o público, que sabe e gosta de fado, pretende.

Se nós, portugueses, (e não só os puristas ),já não vemos com bons olhos, o fado metido na Sinfonieta, ou ao contrário, a Sinfonieta metida no fado, quero crer, que, muito menos aceitaremos, o nosso fado,ser acompanhado com acordeão, percussão e guitarra espanhola... E a "pobre" da espanhola Maria Berasarte, meteu-se nesta "embrulhada", ( ou meteram-na...), que não vai agradar, nem a nós nem aos espanhóis,porque caros amigos, cantar fado sem a emoção e o sentimento que a liingua portuguesa permite, não sabe a nada... é que não tem qualquer sabor...e ainda por cima com acordeão...

Um pormenor que não será de desprezar, é a presença em palco da artista espanhola, cujos movimentos do corpo, e sobretudo dos braços e mãos,"cheiram" mais a flamenco, do que a fado... enfim, na minha modesta opinião, de fado, não há nada.

Não haverá uma só pessoa, que diga à espanhola que a estão a "enganar", e que a opinião de Carlos do Carmo. é apenas uma opinião,com a agravante de ter pouco peso no meio fadista ? Quem puder que lhe faça esse favor !

Quero, acreditar que o CD tenha sido edição da autora,porque, com tanta dificuldade que há, para gravar em Portugal,não penso que alguma editora se tenha metido nesta aventura... cantar fado em Portugal, em idioma espanhol, com acordeão e percussão ?

E a provar o que digo, nós portugueses, sabemos de fado e sentimo-lo, a pouca afluência de público ao Castelo,com uma plateia com alguns lugares vazios, e sendo grande parte dos espectadores, estrangeiros, certamente levados pelas agências de viagem, com o argumento da linda vista sobre Lisboa que o Castelo proporciona.

Não foi boa propaganda para o Fado.

Haja bom senso

Saudações fadistas

Zé da Viela


publicado por Zé da Viela às 15:17
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De fernando a 17 de Julho de 2009 às 12:46
Querido amigo,vim parar ao seu blog ao pesquisar o nome da Maria berasarte,e encontrei a sua opinião (que é somente a sua opinião,vale o que vale),e fiquei espantado com a forma com que caracterizou o fado da espanhola. 1º acho que é muito positivo a senhora tido esta iniciativa. 2º a cantora estudou e sente bem o que canta,melhor que alguns portugueses da actualidade,que só por serem portugueses nao lhe aufere nenhum selo de qualidade,sejamos sinceros.3º porque este disco foi produzido pelo garnde Jose Peixoto que talvez um dos maiores letristas da actualidade no que ao fado diz respeito,e se ele aceitou este desafio é porque sabia que ela tinha valor para isso,ao contrário de voçê. Outra coisa engraçada,é que vejo muita semelhança dos movimentos dos braços dela com a nossa ícone actual do fado,a Mariza,que por acaso também nao tem um fado ortodoxo e nao deixa por isso de ser um Grande Fado! Além disso e para pôr a cereja no topo deste bolo,o disco da María Berasarte,tem a participação do Carlos Bica. Quer falar sobre isto? Bolas,e que voz a senhora têm! Outra coisa, se tiver oportunidade dê uma vista de olhos nesta entrevista : http://diario.iol.pt/musica/maria-berasarte-fado-castelhano-todas-las-horas-son-viejas-video-entrevista/1069071-4060.html.
Basicamente é isto. Atenção não estou contra si,mas uma avaliação tão negativa como fez da cantora deveriam ser defendidas numa base sólida,coisa que o senhor parece nao ter.
Um abraço, e se quiser me responder terei todo o gosto. Aqui fica o meu mail : fernando_mem@clix.pt


De Zé da Viela a 19 de Julho de 2009 às 11:56
Caro amigo, para utilizar a mesma expressão que empregou na sua mensagem, que muito agradeço, assim como também lhe agradeço a forma correctíssima como redigiu o seu comentário. Mas caro amigo não estou de acordo consigo em muitos aspectos ( quase todos), embora respeite a sua opinião. Este principio foi-me incutido desde muito jovem, já que fui ensinado a respeitar todas as opiniões, podendo, no entanto discordar, educadamente, como o meu amigo o fez. Quanto à voz da cantora, se voltar a ler o meu comentário, vai verificar, que refiro, que talvez fique uma boa voz pelo caminho. É ou não verdade ? Portanto, nunca pus em causa a voz da interprete, pelo contrário, referi-me até, a uma boa voz. Ser positivo a cantora ter tido esta iniciativa. De positivo, vejo o gosto que ela tem pelo fado, talvez até o facto de uma estrangeira se apaixonar pelo fado, por uma área musical que é muito nossa, o que só lhe devemos agradecer. Mas, como sabe, as paixões nem sempre acabam bem, e talvez o gosto que ela tem pelo fado lhe possa prejudicar uma carreira, que talvez pudesse ter algum êxito, noutro tipo de musica, que não o fado. Daí eu ter escrito, que talvez fique uma boa voz pelo caminho. De acordo consigo, quando refere que alguns interpretes, só por serem portugueses não têm nenhum selo de qualidade. Perfeitamente de acordo. Só que, a cantora quando canta fado, sinta o que canta...aqui caro amigo tenho muitas duvidas, e se abordássemos a fundo este aspecto, teríamos muito que escrever, porque muito há a dizer sobre quem sente ou não o fado, e o que se julga ser necessário, para que quem canta, sinta o fado. Até há muitos portugueses que o cantam e não o sentem. Neste aspecto, ficamos por aqui. Não ponho em causa, o valor do José Peixoto, que pode ter acreditado, está no seu direito, mas pode vir a considerar, que fez uma má aposta. Já aconteceu a tanta gente ! Já nos aconteceu a todos, termos acreditado num "produto" que não teve o êxito que esperávamos Vamos aguardar para ver a projecção que a cantora irá alcançar, NO FADO, mesmo com o privilégio de ter aparecido ao lado de Carlos do Carmo, de ter ido ao Castelo ao lado de "nomes" do fado, e de ter tido oportunidade de gravar um CD. Quantos portugueses com talento, não gostariam de ter tido as mesmas oportunidades ? E vamos ver, caro amigo, qual a saída ( vendas), que o CD terá, para que José Peixoto possa então avaliar a sua opção. A Marisa ser a nossa ícone actual do fado, como escreve, é também só a sua opinião, que, tal como a minha, vale o que vale, mas se o meu amigo frequenta o meio fadista, se gosta. e se, se interessa pelo fado, e se acompanha a carreira da Marisa , verá que ela não merece os "favores" da comunidade fadista, porque o fado ortodoxo, como o meu amigo lhe chama, é muito, mas mesmo muito criticado. Para quando, o tal disco de fado tradicional, que a Marisa prometeu fazer ? Procure outras opiniões sobre ela, noutros blogues, como o portal do fado, por exemplo. Mas, caro amigo Fernando, ninguém pode pôr em causa a extraordinária voz da Marisa , e posso garantir-lhe, que a "postura" dela em palco, já não é o que era, o "jogo" de braços está muito mais moderado, tais as criticas que teve que enfrentar. Repito, que sou um admirador da extraordinária voz da Marisa , mas leia o que ela pensa do fado nas várias entrevistas que concedeu ao longo da sua carreira, o que ela pensa dos chamados puristas, e o que ela pensa sobre o cantar em Portugal ou no estrangeiro. Sabe, caro amigo, é um pouco como nos toiros, os espanhóis quando toureiam em Portugal, à noite ( toiros é com sol e moscas ), sem sorte de varas, e sem sorte de matar, não são objecto de criticas, mas, quando toureiam em Espanha, têm quase tanto medo da critica, como dos toiros, porque os espanhóis sabem o que é tourear. E não será um pouco o que se passa com o fado ? Onde é que se sabe de fado, ( não estou a dizer que eu saiba, porque sei pouco ), é em Portugal, ou no estrangeiro ? Em Portugal a Marisa está exposta às criticas de conhecedores de fado, o que aliás ela já admitiu em entrevistas, cujas datas e órgãos de informação lhe poderei referir, se nisso tiver interesse.
Dada a extensão da resposta, terei que continuar noutra página, porque esta já está esgotada.


De Zé da Viela a 19 de Julho de 2009 às 12:22
CONTINUAÇÃO DO COMENTÁRIO ANTERIOR.
Quem pode estabelecer comparação entre o fado da Marisa e o de Ana Moura, Beatriz da Conceição,Maria Amélia Proença, Maria Armanda, Maria da Fé, Argentina Santos etc etc ? São os estrangeiros, ou são os portugueses ?
E, porque se refere ao Carlos Bica ? Eu não ponho em causa o valor do Carlos Bica, como musico, já o vi muitas vezes a acompanhar grandes nomes do fado, mas talvez o próprio Carlos Bica, que acompanha com frequência grandes fadistas, lhe possa dar uma opinião sobre este assunto. Pergunte-lhe . Devo dizer-lhe, que conheço algo, sobre o trajecto artístico da simpática Maria Berasarte , e que a avaliação que fiz, assenta em bases sólidas, o que com imensa pena minha, o meu amigo não parece ter, no QUE AO FADO SE REFERE, porque destaca a voz da cantora, quando o fado quer muito mais que voz, senão o que teria sido de Alfredo Marceneiro ou Rodrigo, por exemplo ? O fado não assenta em exibições de voz, porque se diz ser uma canção de alma.
E a terminar, caro amigo Fernando, como a minha critica assenta em bases sólidas, a simpática Maria Berasarte um dia me agradecerá a minha critica, porque lhe digo a verdade, porque o meu amigo sabe, que à volta dos artistas ( cantores, actores, toureiros etc ), estão os aduladores, ( é um facto muito antigo ), que, mais tarde quando a Maria Berasarte verificar, que o disco não vendeu, que não tem espectáculos em Portugal, e que ninguém a reconhece como fadista, o que lhe dirão ? E aí ela poderá dizer, se vocês não me tivessem convencido, que eu poderia ganhar mercado em Portugal a cantar fado, eu até tinha voz para enveredar por outro género musical, mas acreditei em vocês e " lixei-me"... desculpe o termo.
Se é amigo dela, fale abertamente com ela e diga-lhe a verdade.
Caro amigo, aceite um abraço do,
Zé da Viela


De alongamento a 14 de Setembro de 2009 às 13:23
Estive no castelo de São Jorge de férias enste verão e fiquei fascinada, tem tudo a ver com o fado, muy português!


De wholesale cheap ed hardy jackets a 12 de Agosto de 2010 às 02:46
É verdade a Ana Moura, já retomou a sua actividade, pelo que parece que recuperou completamente, pelo que iremos continuar a vê-la e ouvi-la com a alegria do costume.
Um abraço
Zé da Viela


Deixa aqui o teu comentário

Choram guitarras....

..Pintura a óleo de José Malhoa " O Fado "


.. Sou o Zé da Viela

.. seguir perfil

. 5 seguidores

..Visitas à Viela

count website hit
Date.com Dating Site

online

Amália...sempre!

..Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


..Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

..Vielas recentes

.. VOLTASTE, AINDA BEM QUE V...

.. VOLTA, ANA ESTÁS PERDOADA...

.. VII GALA AMÁLIA RODRIGUES

.. SEMPRE O NOSSO FADO

.. TUDO ISTO É FADO

.. ATÉ QUALQUER DIA, AMIGO

.. MARIZA CONFESSA-SE

.. ADEGA MACHADO

.. PARABÉNS JOSÉ MANUEL OSÓR...

.. AMÁLIA RODRIGUES

..links

..tags

.. todas as tags

..tags

.. todas as tags

..links

..pesquisar

 
SAPO Blogs

..subscrever feeds